Resiliência

como se adaptar a mudanças

"Não desista do jardim porque uma flor não brotou."

O que significa resiliência?

regador-8.png
pa-8.png

Você sabe o que significa resiliência?

 

Essa palavra quer dizer a capacidade que o ser humano tem de superar os problemas, de aprender a lidar com os mesmos de forma positiva e ganhar aprendizagem.

 

É a capacidade que o sujeito tem de se adaptar a mudanças, superar obstáculos e encontrar estratégias para enfrentar um problema.

 

A resiliência é importante ser desenvolvida em todos nós! A forma como enfrentamos alguma situação diz muito sobre como vamos ficar, com nós mesmos, depois disso.

vazinho-8.png

Piedade

-Vou começar de novo.

-Por onde?

-Por dentro!

O filósofo Jean Paul Sartre tem uma frase profunda que nos faz pensar a respeito:

“Não importa o que fizeram com você. O que importa é o que você faz com aquilo que fizeram com você”.

 

Isso vale para toda uma vida, mas como inspirar na convivência com idosos?

 

Que problemas eles têm?

 

Como ajudá-los a lidar com esses desafios?

Se na vida há embaraço, desate o nó e faça um laço!

Resiliência:
mais qualidade na vida do idoso

Além de suas questões pessoais, singulares, familiares, emocionais, sentimentais, podemos observar que os idosos enfrentam questões semelhantes, como:

  • tempo ocioso

  • problemas de saúde

  • a dependência de familiares e outros para realizar algumas atividades diárias,

  • não ter mais a mesma força que antes

  • ter dificuldade para se lembrar de coisas rotineiras, como nomes de pessoas ou coisas

Como ajudar o idoso a desenvolver a resiliência?

Como inspirar a prática de viver buscando aprender com os desafios?

Se você tem um idoso em casa sabe o quanto essa pergunta ocorre com frequência.

 

De fato, é difícil dar todo auxílio a um idoso e ainda preocupar-se com suas atividades, lazeres e tempo ocioso, visto que quem cuida ainda possui diversas responsabilidades, de outras áreas, e que deve dar conta.

"Às vezes, só precisamos de alguém que nos ouça.

Que não nos julgue,

que não nos substime,

que não nos analise.

Apenas nos ouça."

Charles Chaplin

Tiago

9 dicas para você ajudar o idoso a desenvolver a resiliência

1. Se você tem em casa um idoso muito fechado, trabalhe inicialmente uma relação mais afetiva dele com você, mostrando a ele que não está sozinho.

 

Obs.: Ele sabe que não está sozinho, tem pessoas ao seu redor, mas o que ele precisa saber é que tem com quem se abrir, é importante essa diferença.

como-ajudar-idoso.jpg

Savioli

"Alegria compartilhada é uma dupla alegria,
tristeza compartilhada, é meia tristeza."

Provérbio Sueco

"Alguém que está ali para poder ouvi-lo…

Isso faz uma diferença enorme!

Quando a gente se doa de verdade, eles sentem isso eles conseguem se sentir à vontade, queridos… Isso é importante.

Eu acho que demonstrar eu acho que é esse abrir. Ainda mais num Abrigo, que tá todo mundo numa correria e também retorno, alguns, de falar mesmo."

2. Passe mais tempo com ele (a), deixe que faça parte de sua vida,para que tenha contato com você e suas questões diárias. Tenha um tempo de qualidade, partilhando atividades e simples contato.

3. Leve a ele algum vídeo de relato de enfrentamento e superação, o olhar ao outro pode ajudar.

3. Faça elogios sinceros, diga ao seu pai ou avô suas qualidades, elogie quando ele conseguir fazer alguma atividade, ou mostre a ele no que ele é admirado.

"Quando eu lhe falo dos meus problemas, não estou reclamando,

estou confiando em você" - Projota

Os amigos Murilo e Érik

5. Falar de si, ouvir do outro e partilhar dificuldades e habilidades é de grande ganho para que uma pessoa adquira resiliência. Se possível, tente que o idoso tenha contato com pessoas de sua idade ou pessoas que estejam passando pelos mesmos problemas.

6. Estimule o entendimento das limitações e das habilidades, junto com ele (a), promova que ele fale o que é limitador e o que tem de habilidade. De forma racional, mostre a ele o que você acredita ou não do que disse. Por vezes a pessoa costuma deixar de ver suas habilidades e enxergar mais as limitações.

Mudando o foco pra mudar de vida,
porque olhando bem, jeito sempre tem

7. Vendo as limitações e entendendo como funcionam, busque situações que as limitações podem ser superadas, mostre a ele situações passadas e/ou pessoas com as mesmas limitações que superaram.

superacao-resiliencia.jpg

Marilene

E quando nada tiver graça... é só sorrir, que passa!

convivencia-idosos.jpg

José Dault

Antônio

Somente hoje, sem o peso do ontem,
sem a ansiedade do amanhã.

Luciana Folly

E gente de alma leve, tem dessas coisas:
aonde for, enxerga amor!

4. Caso o idosos esteja com dificuldade de enfrentar alguma situação, traga à tona a ele algum momento passado que ele já superou e que foi capaz. Pode acontecer de no meio de adversidades desacreditarmos em nossa capacidade.

Moça risonha que ri e sonha
Mário Quintana